Aprenda a calcular em quanto tempo sua franquia vai dar lucro

A primeira dúvida que todo empreendedor busca sanar ao investir em um novo negócio ou numa franquia é: em quanto tempo vou começar a lucrar? Podíamos dizer, inclusive, que essa é a pergunta de um milhão de reais (as vezes mais). E se você esperava encontrar aqui uma resposta concreta, temos que te dizer que, nos negócios, essa resposta vai depender de inúmeras variáveis. Porém, é possível traçar uma estimativa confiável baseada em alguns cálculos. E nós vamos ensinar você a fazer essa conta e saber em quanto tempo recuperará o investimento e quando começará a ter lucro com a sua (futura) franquia.

Aliás, é importante salientar que um bom franqueado também é aquele que desenvolve habilidades financeiras, já que uma das tarefas mais árduas na gestão de uma franquia é o controle sobre as finanças do negócio. Por isso, sem exceções, é imprescindível que antes de qualquer investimento se faça um planejamento conservador sobre a viabilidade do acordo. E caso você não tenha experiência em gestão de negócios, vale buscar capacitação.

No caso das franquias, as redes franqueadoras vão auxiliar o futuro franqueado a entender de que forma as variáveis impactarão no desempenho do negócio. Assim, ele aprenderá também a calcular como cada entrada e saída de valores, além dos riscos previsíveis, podem alterar os resultados do negócio. Sem esses planejamentos, as chances da franquia não ter sucesso aumentam consideravelmente. Treinamentos e consultores também podem ser oferecidos pelas redes para preparar o franqueado da melhor forma possível. Afinal, ele se será também um parceiro e representante da marca no mercado.

Como você deve saber, no franchising, as empresas prezam muito pelo planejamento estratégico e pelos métodos que fizeram com aquela marca alcançasse bons resultados. E apesar do formato funcionar comprovadamente, podem existir ocasiões em que a rede faça alterações nos planos por conta de fatores externos, como um ponto comercial ou custos com locação e fornecedores, o que pode encarecer a operação e comprometer o plano original.

Segundo a especialista em franchising e sócia-diretora da consultoria ba|STOCKLER, Angelina Stockler, a primeira dúvida de um interessado em abrir uma franquia é saber em quanto tempo ele terá o retorno do investimento e quando o negócio, de fato, começará a dar lucro para ele. Na visão da consultora, essa questão deve ser solucionada com muita transparência pelas duas partes (franquia e franqueado) a fim de evitar desgastes entre eles.

“O investidor deve entender, antes de tudo, que como qualquer outro negócio, as franquias apresentam riscos, que podem ser diminuídos com um bom plano estratégico. Ele deve ser feito com calma, transparência e deve levar em conta todos os fatores a serem considerados na hora da escolha, por exemplo, do ponto comercial, dos fornecedores, custos operacionais, e todas as variáveis do negócio”.

A franquia vai te auxiliar nesse sentido. Vale também conversar com outros franqueados que já possuem lojas em operação. Assim você aprende, na prática, como o negócio funciona e qual é a melhor maneira de prever os ganhos.

PRI – Prazo de Retorno do Investimento
Uma das variáveis do plano de negócios da franquia é o Prazo de Retorno do Investimento, conhecido no setor como PRI. Esse documento mostrará o tempo necessário para que o empreendedor recupere tudo o que investiu e consiste, basicamente, numa modalidade de cálculo inversa à da rentabilidade. Se a franquia prevê o PRI em três anos (ou 36 meses), isso significa que este é o período previsto para que o investidor recupere o valor do investimento inicial sob a forma de lucro.

E como é possível mensurar esse cálculo? Entram aí as variáveis mencionadas antes, o que inclui também o capital aplicado. Veja o exemplo:

Franquia X

Investimento inicial (ponto, capital de giro, estoque inicial, taxa de franquia): R$ 250 mil.
Faturamento mensal médio: R$ 50 mil.
Custos operacionais (taxas, contas, fornecedores, funcionários): R$ 40 mil.
Lucro líquido mensal médio: R$ 10 mil.
Rentabilidade média: 20%

Nesse exemplo, ao ter um faturamento médio mensal de R$ 50 mil e tendo R$ 40 mil em custos operacionais, ele obterá um lucro líquido médio de R$ 10 mil, que representam 20% do faturamento (essa é a conta da rentabilidade). Dessa forma, o investidor recuperaria a aplicação em 25 meses, pois 25 (número de meses) x 10 (lucro) = 250 (investimento). Isso, claro, levando em conta de que ele não utilize esse valor para outros débitos. Essa quantia, de qualquer forma, é livre para ele guardar ou utilizar da forma como entender melhor.

Em média, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), 61% redes de franquias que atuam no brasil estimam ter um prazo de retorno do investimento inicial entre 18 a 36 meses. Já entre as microfranquias, o período é menor: 41% delas, a maioria, fica entre 12 a 18 meses (veja quadro abaixo).

As variáveis

Para mensurar de forma ainda mais coesa o prazo a sua franquia dar lucro, é preciso calcular minuciosamente as variáveis inclusas no custo operacional. Nela, estarão inseridas uma infinidade de gastos que você terá apenas para operar o negócio. E quanto mais você conseguir economizar nela, maior pode ser o seu resultado.

Incluso nos custos operacionais estão todos aqueles itens cujo o franqueado é o devedor:

  • Impostos 
  • Contas (água, luz, gás, internet, telefone, etc)
  • Royalties
  • Capital de giro
  • Taxa de franquia
  • Publicidade
  • Estoque
  • Fornecedores
  • Funcionários

Rentabilidade

O cálculo da rentabilidade é uma das alternativas para mensurar o prazo de retorno do investimento inicial. Algumas redes de franquias costumam divulgar sua rentabilidade média. A partir desse cálculo, você pode estudar o tempo necessário para recuperar a aplicação feita no negócio.

Por exemplo, se um negócio possui faturamento mensal médio de R$ 50 mil e o lucro líquido previsto para o mesmo período é de R$ 10 mil, significa que essa operação possui em torno de 10% de rentabilidade. Porém, a rentabilidade pode sofrer variáveis, como fatores sazonais e outros problemas.

Portanto, antes de finalizar a aquisição da sua franquia, analise com cautela todas as estimativas apontadas pela franqueadora. A consultora Angelina Stockler indica, ainda, uma atenção especial ao capital de giro.

“Faça um plano de negócio conservador, levando em conta as variáveis mais plausíveis de acontecer.  Certifique-se também de tomar informações com franqueados da rede e avaliar as perspectivas traçadas pela franquia com esses franqueados. Por exemplo, a franquia cumpriu o que prometeu? Você recuperou seu investimento no prazo previsto? Entre outras coisas”.

Fonte: Portal do Franchising https://www.portaldofranchising.com.br/franquias/tempo-para-franquia-dar-lucro/


Informações para a Imprensa ABF Franchising:

Debora Freire – debora@dfreire.com.br
Rafael Machado – rafael@dfreire.com.br
Regina Teixeira – regina@dfreire.com.br
Fabíola França – fabiola@dfreire.com.br
Marina Valeriano – marina@dfreire.com.br
Tel.: (11) 5105-7171 – www.dfreire.com.br

 

SERVIÇO

27ª ABF Franchising Expo
Local: Expo Center Norte – Pavilhões Branco e Azul
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo – SP
Quando: de 27 a 30 de junho de 2018
 

Horário de Funcionamento:

Quarta-feira 27/06 – das 9h às 19h (horário especial Jogo do Brasil)
Quinta e Sexta 28 e 29/06 – das 13h às 21h
Sábado 30/06 – das 11h30 às 18h30


Preço do Ingresso Online:
R$ 70
Preço do Ingresso na Bilheteria do Evento: R$80
Cada ingresso é individual, intransferível e dá direito a uma credencial válida para acesso aos 4 dias do evento.


Informações ao público: (11) 3017-6800
Website: www.abfexpo.com.br
Fotos da edição de 2017: https://www.flickr.com/photos/134212753@N06

 

Metodologia do SEFA

ABF promove todos os anos o Selo de Excelência em Franchising – SEF, sendo seu principal benefício fornecer à rede franqueadora uma ampla pesquisa de satisfação feita com os franqueados das marcas participantes. Essa pesquisa tem por objetivo avaliar, do ponto de vista do franqueado, qual é o real apoio fornecido pela marca, desde o processo de seleção do franqueado, passando pelo cumprimento das estimativas de investimento, fornecimento de insumos, suporte e treinamentos, comunicação, chegando ao custo-benefício da marca, lucratividade, retorno de investimento, entre outros itens. O questionário de satisfação atual conta com 21 perguntas. As perguntas são agrupadas em 5 Índices de Performance (Global, Econômica, Operacional, Relacionamento e Sustentabilidade), sendo que cada questão possui um peso diferente na composição de seu índice. Após essa aferição, ainda é concedido um bônus baseado em critérios de sustentabilidade e retorno financeiro. Dependendo do nível de satisfação obtida pela rede individualmente (medido por uma média ponderada dos itens mencionados anteriormente) e atrelada à comparação deste resultado com o obtido com os demais participantes na mesma categoria, a marca franqueadora poderá ser chancelada e receber o Selo de Excelência em Franchising.


Sobre a ABF Franchising Expo
Realizada pela Associação Brasileira de Franchising e organizada pela Informa Exhibitions, a ABF Franchising Expo reunirá, em sua 27.ª edição, expositores dos mais diversos segmentos, tais como: alimentação, cosméticos, ensino profissionalizante e idiomas, prestação de serviços, vestuário, decoração, esportes e lazer, acessórios pessoais e calçados, dentre outros. A exposição ocupará os Pavilhões Azul e Branco do Expo Center Norte, na capital paulista. Com o objetivo de facilitar a busca e seleção mais adequada de pontos comerciais pelos investidores, a Feira conta com empresas administradoras de shoppings centers e fornecedores das redes de franquias entre seus expositores. Além da exposição das marcas, a Feira proporciona aos interessados em ingressar no universo das franquias a participação em palestras gratuitas sobre diversos aspectos do franchising na Arena do Conhecimento. A feira compõe a programação da ABF Franchising Week, uma semana inteira de imersão no universo das franquias, formada a partir da união de uma série de simpósios, eventos de capacitação e ações da ABF. Mais informações no site: www.abfexpo.com.br.

Sobre a ABF
A ABF – Associação Brasileira de Franchising é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 1987, que representa oficialmente o sistema de franquias brasileiro. O setor registra um faturamento anual de aproximadamente R$ 160 bilhões, mais de 140 mil unidades e cerca de 2.800 marcas de franquias espalhadas por todo o Brasil. Além disso, o franchising brasileiro responde por 2,4% do PIB e emprega diretamente mais de 1,2 milhão de trabalhadores. Atualmente com mais de 1.100 associados e cobrindo todo o território nacional por meio da seccional Rio de Janeiro e de regionais (Sul, Minas Gerais, Centro-Oeste, Nordeste e Interior de São Paulo), a entidade reúne franqueadores, franqueados, advogados, consultores e demais fornecedores e stakeholders do setor. O propósito da ABF é fomentar o franchising brasileiro, nacional e internacionalmente, para que ele se mantenha próspero, sustentável, inovador, inclusivo e ético. A Associação dedica-se a aperfeiçoar o sistema de franquias brasileiro por meio da capacitação de pessoas em diversos cursos presenciais e on-line, do estímulo à inovação, da disseminação das melhores práticas, da representação junto às diversas instâncias públicas e divulgação dos resultados do setor.

Sobre a Informa Exhibitions
A Informa Exhibitions cria comunidades e conecta pessoas e marcas em todo o mundo e, aliando as entregas de suas feiras com uma nova estratégia digital, gera oportunidades e relacionamentos 365 dias por ano. Com escritórios em São Paulo (sede) e Curitiba e cerca de 200 profissionais, a empresa conta em seu portfólio com marcas como Agrishow, Fispal Tecnologia, Fispal Food Service, ForMóbile, Futurecom, ABF Franchising Expo, Serigrafia SIGN FutureTEXTIL, Feimec, Expomafe, Plástico Brasil, High Design Home & Office Expo, entre outros, totalizando 21 eventos setoriais. No mundo, atua em 150 escritórios em 57 países e é líder em inteligência de negócios, publicações acadêmicas, conhecimento e eventos, com capital aberto e papéis negociados na bolsa de Londres.