Procura-se um candidato de franquia

Uma franquia é a melhor forma para começar um novo negócio!
Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor faturou mais de 185 bilhões de reais em 2021.
Muitas redes de franquias estão a procura de empreendedores para ajudarem suas marcas a crescerem por diversas partes do País.

Isso significa que há muitas oportunidades para você!

 

Para ser franqueado, no entanto, é preciso passar por um processo de seleção, no qual as redes identificam se as suas características são compatíveis com as necessárias para operar o negócio.

 

O que as redes procuram em um candidato de franquia?
Algumas características são essenciais em qualquer franquia, enquanto outras são específicas para algumas áreas.

André Luís Soares Pereira, sócio-fundador do Grupo Soares Pereira & Papera e membro da comissão de fornecedores da ABF, explica que uma das principais características de um franqueado é o espírito empreendedor.

Além disso, é muito importante ter habilidade para lidar com outras pessoas.

“O franqueado precisa ter um espírito de liderança, de saber lidar não só com a equipe interna, seus colaboradores, como com a equipe externa também, que são os seus clientes.

Saber se relacionar, construir pontes”, destaca.

Quando a comunicação com o cliente e colaboradores é boa, as chances de ter um bom negócio de sucesso aumentam.

André também destaca outra característica importante, que ele define como estar “disposto a colocar a barriga no balcão”.

Isso significa que você, como empreendedor, precisa estar disposto a se dedicar ao seu negócio.

Muitas pessoas acreditam que basta comprar uma franquia e deixar o dia a dia nas mãos dos colaboradores, mas isso não é uma realidade.

O franqueado muitas vezes precisa estar disposto a trabalhar duro!

Em alguns momentos, você pode precisar, por exemplo, fazer atendimentos, ir atrás de peças ou trabalhar horas a mais em um dia ou no final de semana, tudo para garantir a ordem do seu negócio!

Outras características que as marcas procuram em um franqueado, são:

Noção de administração de negócios;
Saber seguir regras, padrões e as orientações da franqueadora
Ter afinidade com o ramo que deseja investir;
Ter o capital necessário para investir;
Ter tempo para se dedicar ao negócio.
Para identificar o candidato ideal, as redes realizam entrevistas e reuniões presenciais.

“Muitas fazem testes psicovocacionais, outras fazem teste drive mesmo, colocam o candidato na ponta da venda para ver como ele se comporta com os colaboradores, com os consumidores, se ele bota a mão na massa mesmo ou não.

Depois disso, a rede vai analisar os documentos e também quem vai efetivamente operar essa franquia, e se esse candidato tem ou não uma atitude varejista”, explica Pereira.

Pode ser que haja apenas uma chance de impressionar a franqueadora e conquistar a oportunidade de ter o negócio dos seus sonhos.

Por isso, se prepare muito bem para a entrevista e demonstre o seu entusiasmo com o negócio.

“O candidato tem que mostrar que está apto a enfrentar novos desafios.

Então, ele tem que ser, além de tudo o que foi dito, muito proativo para a marca aceitá-lo e ver que realmente tem o que chamamos de ‘sangue nos olhos’”, aconselha André.

Antes de investir, analise bem a marca!

Se deu “match” e a franquia e você compartilham valores semelhantes, é hora de fechar o contrato!

Mas, para que isso seja feito com segurança, é bom que você faça uma análise adequada do perfil daquela empresa.

Fale com franqueados e ex-franqueados, analise como está a marca no mercado, seu potencial de crescimento e sua capacidade de inovação.

“Faça um acompanhamento efetivo da franquia, acompanhe durante um período o que acontece com essa operação.

E depois, avalie também como é a gestão, se essa marca tem uma gestão participativa junto aos franqueados dela ou não”, orienta André.

Afinal, para tudo dar certo, é importante que as duas partes estejam alinhadas quanto aos seus objetivos.