Rede de franquias Mordidela lança formato microfranquia na ABF Expo Franchising 2019

O novo modelo de negócio, com valores de investimento que partem de R$ 35 mil, funciona no formato home based e permitirá aos franqueados realizar vendas diretas para os mais diversos canais, como escolas, buffets, bares, mercearias, além do varejo e consumidor final

 

A Mordidela (www.mordidela.com.br), uma das redes de franquias no segmento alimentício que mais cresce, hoje com 200 unidades espalhadas em todo o território nacional e que tem como foco refeições rápidas (pratos executivos, salgados, lanches rápidos, batatas fritas com molhos especiais, crepiocas, entre outros), lança o modelo de microfranquia na ABF Expo Franchising 2019, que acontece entre os dias 26 e 29 de junho, em São Paulo. 

Atenta às necessidades do mercado, a rede que atuava exclusivamente por meio de lojas padronizadas resolveu investir em um formato com valores de investimento mais acessíveis, partindo de R$ 35 mil reais. O modelo de microfranquia, denominado Home, foi desenvolvido para que o franqueado trabalhe em sua casa e possa fornecer, por meio de representação e vendas diretas, os produtos da rede para escolas, buffets, mercearias, bares, mercados, atacadistas, entre outros, além do consumidor final. 

 “Temos hoje uma estrutura fabril completa em São José dos Campos que produz toda a linha fornecida para os nossos franqueados, além de lojística completa e especializada que transporta os nossos produtos de norte a sul do país, garantindo assim o padrão de qualidade Mordidela. Essa mesma fonte abastecerá a nossa rede de microfranqueados que poderão, além do consumidor final, atuar em uma série de canais como comércios locais e varejo”, conta Bruno Zanetti, presidente do Grupo ZNTT, holding que detém a Mordidela. 

O formato de negócio foi desenhado para funcionar na casa do franqueado, e os valores de investimento contemplam a montagem de uma cozinha industrial, de onde partirão os produtos prontos para o consumidor final. E para as vendas diretas, está em fase de desenvolvimento um carrinho com tecnologia exclusiva, com uma parte refrigerada, onde deverão ser armazenados os congelados e polpas, como Açaí, Pitaya e Cupuaçu, e uma estufa que armazenará os demais produtos fritos e assados, voltado para o modelo de vendas porta a porta. 

 “Com essa nova aposta, a rede espera crescer 15%; a perspectiva é que sejam abertas 30 unidades ainda em 2019. Entendemos que, diante de um cenário crítico como o da nossa economia, as microfranquias são uma oportunidade acessível para quem deseja empreender; e quando se fala no segmento alimentício, o retorno é garantido, pois alimentação continua a ser prioridade para o brasileiro”, finaliza Zanetti.