MARIA BRASILEIRA LANÇA FORMATO DE FRANQUIA HOME OFFICE NA MAIOR FEIRA DO SETOR

O novo modelo de negócio tem o intuito de atingir novos mercados, potencializar os resultados dos franqueados e seguir as novas tendências de negócios. Com menos de R$ 30 mil já é possível abrir uma unidade home office; a novidade deverá impulsionar o número de unidades da rede, que pretende alcançar 230 franquias até o final do ano

 

Entre os dias 26 e 29 de junho, a Maria Brasileira, rede especializada na prestação de serviços domésticos, marcará presença na ABF Franchising Expo, maior feira do setor de franchising do país. Líder do setor, a marca está presente em 160 cidades do país e obteve um crescimento, somente no último ano, de 40% nos atendimentos de faxina - reflexo do lançamento do e-commerce, que aconteceu em meados de 2018, e que gerou atendimentos em mais de 200 cidades brasileiras. Para este ano, a franquia aposta em mais uma novidade: o modelo de negócio home-office, que será apresentado durante a feira. 

Para verificar a viabilidade do formato, a Maria Brasileira realizou um trabalho piloto com cerca de 10 franqueados, de diferentes regiões e perfis de cidades do país, ao longo de 2018. “Foi uma forma de analisarmos todos os bônus e ônus que o home office poderia trazer para a rede. No final, conseguimos identificar diversas vantagens, como redução de custos em quase metade das unidades participantes e a otimização de tempo dos franqueados”, comenta o sócio-diretor da marca, Felipe Buranello. Após o período de teste, mais de 70% dos franqueados da marca demonstraram interesse em migrar para o modelo home-office. 

Segundo Felipe, o lançamento deverá representar 18% no crescimento da rede, que pretende fechar o ano com 230 unidades e um faturamento de R$ 67 milhões. "O mercado mudou bastante, hoje as pessoas buscam trabalhar com negócios que oferecem qualidade de vida. O formato home office é bastante vantajoso para o franqueado. Com menos de R$ 30 mil é possível realizar o sonho do negócio próprio, sem a necessidade de sair de casa”, comenta.  

O modelo home office trará 4 possibilidades de investimento, de acordo com o número de habitantes da região que o interessado se encontra, que variam de R$ 28 mil a R$ 55 mil.  

ICHAS DE INVESTIMENTOS  

Cidades até 30 mil habitantes 

Equipamentos: R$ 1.950,00 

Abertura de Empresa: R$ 1.200,00 

Taxa inicial de franquia: R$ 12.900,00 

Capital de Giro: R$ 7.000,00 

Kit Inicial de uniformes: R$ 1.800,00 Kit

Material Gráfico: R$ 1.000,00 

Investimento em Mídias Locais: R$ 2.500,00

 TOTAL GERAL: R$ 28.350,00 

Cidades de 30.001 até 50.000 mil habitantes 

Equipamentos: R$ 1.950,00 

Abertura de Empresa: R$ 1.200,00 

Taxa inicial de franquia: R$ 19.900,00

 Capital de Giro: R$ 7.000,00 

Kit Inicial de uniformes: R$ 1.800,00 

Kit Material Gráfico: R$ 1.000,00

 Investimento em Mídias Locais: R$ 2.500,00 

TOTAL GERAL: 35.350,00 

Cidades de 50.001 até 100 mil habitantes 

Equipamentos: R$ 1.950,00 

Abertura de Empresa: R$ 1.200,00 

Taxa inicial de franquia: R$ 29.900,00 

Capital de Giro: R$ 10.000,00 

Kit Inicial de uniformes: R$ 1.800,00

 Kit Material Gráfico: R$ 1.000,00

 Investimento em Mídias Locais: R$ 2.500,00 

TOTAL GERAL: 48.350,00 

Cidades acima de 100 mil habitantes 

Equipamentos: R$ 1.950,00 

Abertura de Empresa: R$ 1.200,00 

Taxa inicial de franquia: R$ 34.900,00 

Capital de Giro: R$ 12.000,00

 Kit Inicial de uniformes: R$ 1.800,00 

Kit Material Gráfico: R$ 1.000,00 

Investimento em Mídias Locais: R$ 2.500,00 

TOTAL GERAL: 55.350,00